Pintando a casa: as cores adequadas a cada ambiente

Aproveite a experiência de dois arquitetos antes de pegar no pincel

O Pense Imóveis ouviu a arquiteta Maria Regina Felipe e o responsável pelos apartamentos decorados da construtora Rossi, Raul Pegas, para reunir sugestões de cores adequadas a ambientes em sua casa. Ambos ressaltam que o gosto do proprietário do imóvel é que deve servir de referência principal para a decisão, mas deram dicas que podem ajudar você a escolher qual tinta comprar na hora de renovar a pintura de seu lar.

Quarto rosa

Para quartos de bebê
“Tome cuidado para não usar cores muito fortes para não agitar demais a criança”, diz Maria Regina. Ela prefere tons bem claros. “Para dar vida, podemos usar papéis de parede em lugares estratégicos com elementos um pouco mais fortes.”

Para quartos de criança
“Para o quarto dos filhos pode ser usada uma cor bem mais impactante, até primária, porque é uma dependência jovem, deve ter um ar mais esportivo. Fora que o uso do ambiente é mais limitado. É maior enquanto as crianças estão estudando, mas depois cada um vai seguir seu caminho. Não é um ambiente perene”, afirma Pegas.

Quarto lilás

Para adolescentes
“Meninas gostam bastante de lilás. Você pode fazer um quarto todo lilás, usando um roxo na cortina, que vai combinar com a colcha. Para meninos uso listras, tons de marrom”, diz Maria Regina.

tons terrosos

Salas de estar ou jantar
Enquanto Pegas sugere tons off-white na cor que o morador achar mais interessante, Maria Regina conta que prefere tons terrosos para os perfis mais clássicos. “Para os jovens ouso um pouco mais nas cores, como preto e branco com toques de vermelho na decoração”, diz. Ela conta que já fez uma parede inteira em tom de cereja para um casal de pouco mais de vinte anos.

pequenos

Para ambientes pequenos
A dica é usar tons claros, que dão uma sensação de amplitude. Pintar o teto de branco e as paredes em um tom off-white é uma proposta interessante.

Para ambientes grandes
Se a área a ser pintada for grande e bem iluminada, você terá mais liberdade para brincar com tons mais escuros, usando-os para destacar uma parede, desde que a cor combine com outros elementos da decoração.

Comente: