Conforto é o novo luxo na escolha dos sofás

Namorados recentes e antigos casais curtem o estofado preferido da família

Cai a tarde sobre o sofá violeta no estar com lareira do apartamento no bairro Petrópolis, na Capital. Como protagonista do ambiente, o recamier de seda e madeira admite a convivência com o modelo de linhas retas, revestido de couro preto. Os arquitetos Daniela Zaffari e Geraldo Faria, do escritório Zaffari Faria Arquitetura, assinam o projeto que emprega o sofá para quebrar a simetria do estar social, ambiente com 50 metros quadrados.

Assim que Daniela conheceu o espaço, definiu a cor branca para as paredes e sentiu o impulso de dar continuidade ao colorido do crepúsculo na sala. Como o estar foi composto em frente à lareira para uso eventual, foi priorizado o conforto para sentar com postura.

sofás estofados pense imóveis

O recamier de seda rústica violeta, com estofaria em capitonê, é estruturado em madeira cedro rosa acastanhado e mede 1,70m de comprimento por 0,80cm de profundidade. De linhas retas, o sofá de couro natural preto mede 2,30m x 1m. O projeto de interiores acompanhou a arquitetura arrojada do prédio, porém acomodou o acervo de peças antigas dos moradores, como a luminária de bronze que influenciou na criação da bancada em granito preto absoluto, base ideal para destacar a peça.

Em outros estofados, encontrados em Porto Alegre, as propostas de uso chamam a atenção. Descontraído, o modelo revestido de veludo preto, Cine, design do estúdio Marche, faz jus ao nome. Com assento e encosto retráteis, a peça combina com um programa na TV.

– É mais procurado pelo público masculino – diz a empresária Mariella Stock.

Ar confortável e detalhes de casas e botões marcam o estofado com design de estilo italiano:

– O tecido que escolhemos é linho misto, para dar um ar jovial e contemporâneo ao modelo, com acabamento em viés de couro, com o diferencial dos botões – afirma a empresária Mirta Wolf.

Ao escolher um estofado por sua densidade – que define se a peça é mais fofa ou firme – é bom ouvir a explicação da arquiteta Daniela:

– A densidade da espuma dos sofás varia conforme o modelo, o revestimento e o grau de ergonomia que se deseja. (Ergonomia é a capacidade que os estofados têm de se adaptar ao corpo causando maior ou menor grau de conforto, conforme a posição de uso que se deseja.) No caso dos sofás de couro, quanto mais macio o couro escolhido para o revestimento, maior a densidade da espuma a ser usada – a espuma mais firme compensa a maciez do couro. Estofados de couro mais duro tendem a ter uma espuma de densidade mais macia, como a densidade 26, justamente para que seja sentida a maciez ao sentar.

sofás estofados pense imóveis

O imponente sofá italiano de couro na clássica combinação de branco e preto tem proposta diferente do modelo de linho misto abaixo, com tonalidade acinzentada, discreta.

sofás estofados pense imóveis

Acoplar uma mesa acessória ao sofá de veludo para ver TV completa o cenário de aconchego para relaxar a dois e confere um destaque de cor ao ambiente.

sofás estofados pense imóveis

O sofá de veludo Fan, do estúdio Bola, mede 2,50m x 93cm nesta versão – pode ser feito com profundidade de 1,20m ideal para sala de TV, pois permite uma postura mais relaxada e com apoio de pernas, com chaise. De visual retrô, mistura ar moderno: parte das proporções do desenho clássico de estofados para uma forma limpa e jovial.

Cobertura dá o tom
Revestimento de estofado faz uma grande diferença no contato com a pele, mas também no quesito design. Apurar a estética de uma linha de estofados foi a incumbência recebida pela jovem Mariana Kraemer. E entre os detalhes que agora chamam a atenção nessas peças, a designer aponta os revestimentos. As padronagens "remoçaram" os sofás e poltronas, compostos com pufes desenhados por Mariana.

sofás estofados pense imóveis

No entanto, a tendência retrô está contemplada na reestruturação das peças. O sofá salmão e a poltrona azul são revestidos de um tecido jackard usado do avesso, uma sacada da jovem para personalizar as peças. Entre as recriações, para ela o sofá mais convidativo para namorar ou ver TV é o conjunto branco.

sofás estofados pense imóveis

Coleções retrô e baseadas em tons fortes têm a missão de proporcionar conforto com estilo. Linhas e tecidos se aliam para definir as propostas.

Fusca combina com descontração
Já se tornou um "clássico" da coleção de tecidos capitaneada por Mariana Pessini a estampa de fusca, design de Leonardo Soares. Neste sofá de dois lugares – "ideal para se atirar", conforme Mariana – a frota de carros cobre superfície de 1m de profundidade por 2,40m de largura.

sofás estofados pense imóveis

– O sofá é moderno, de traços retos e com bem-vinda irregularidade: tem um braço alto e fino e o outro baixo e largo, que serve como um aparador de bandeja, suporte para revistas, base para apoiar um notebook. É uma peça superconfortável com espuma densa no assento e almofadões fofos no encosto – um convite para deitar.

Por ser um sofá descontraído, Mariana sugere a utilização em uma varanda, uma confortável sala de TV "ou para o quarto de uma pessoa de bem com a vida".

Leia mais
>> Decore a casa com móveis antigos
>> Conheça os estilos dos móveis clássicos
>> Sala de estar ganha conforto provençal
>> Camas três em um organizam com conforto

Fonte: ELEONE PRESTES - CASA&CIA  -  Zero Hora
Comente: