Passo a passo: aprenda a fazer pátina seca e renove os móveis da sua casa

A técnica é simples e pode ser aplicada também em objetos de decoração

Você quer repaginar os ambientes da casa sem gastar muito dinheiro? Uma solução criativa pode ser reformar os móveis por conta própria. O Pense Imóveis aprendeu com Gilca Marimon Boucinha, professora de Artes Decorativas na Linna, e agora repassa para você o passo a passo da técnica chamada pátina seca. Confira:

Everton Silveira / Haluz

Materiais:
- Móvel que será reformado
- Tinta acrílica branca fosca
- Tinta acrílica fosca de outra cor desejada
- Pincel de pêlo macio
- Pincel de cerdas mais firmes
- Estêncil
- Pasta para modelagem
- Fita crepe e espátula reta
- Lixa e paninho para limpeza
- Verniz acrílico

Passo a passo
1. Pinte todo o móvel com a tinta branca utilizando o pincel de pêlo macio. Deixe secar e lixe bem. Dê novas demãos de tinta até formar uma boa cobertura e deixe secar.

Everton Silveira / Haluz

2. Comece a pátina com a tinta da sua escolha. Utilize o pincel (seco) de cerdas mais firmes. Molhe a ponta do pincel no pote de tinta, retire o excesso numa folha de papel e pincele o móvel de forma contínua até que acabe a tinta do pincel. Caso você erre, utilize o pano úmido para retirar a tinta do móvel. Além disso, comece pela parte de trás e pelas laterais do móvel. Deixe a frente por último. Deixe secar.

Everton Silveira / Haluz

3. Misture a pasta de modelagem com um pouco da tinta colorida até que a pasta fique no tom desejado.

Everton Silveira / Haluz

4. Prenda o estêncil no móvel com a fita crepe.
5. Com a ajuda da espátula, passe a massa pelo estêncil. Retire logo em seguida o estêncil do móvel – segure em uma ponta e puxe pela outra. Deixe secar.

Everton Silveira / Haluz



Everton Silveira / Haluz

6. Você pode, ainda, fazer detalhes no móvel com um ‘pinta-bolinhas’.

Everton Silveira / Haluz

7. Passe o verniz por todo o móvel.

Leia mais:
>> Saiba como renovar os ambientes da sua casa com tecidos de parede

Fonte: LETÍCIA BERNARDINO - REVISTA PENSE IMÓVEIS
Comente: